A empresa Aug X lançou a plataforma Augie, que usa inteligência artificial (IA) para criar vídeos. Entre os recursos dela, está um peculiar: clonagem de voz. A ideia é usá-la para ler textos publicitários sem precisar de um estúdio de gravação.

Para quem tem pressa:

  • A empresa Aug X lançou a plataforma Augie, que usa inteligência artificial para criar vídeos;
  • A plataforma permite que os usuários gravem suas próprias vozes ou a de outras pessoas e, em seguida, crie “clones” delas para usar em outros vídeos;
  • O objetivo da Augie é viabilizar a adição rápida de narração, fotos, texto e música aos vídeos sem exigir conhecimento sobre edição de áudio e vídeo.

A plataforma Augie permite que os usuários gravem suas próprias vozes ou a de outras pessoas e, em seguida, crie “clones” delas para usar em outros vídeos, conforme divulgado pela empresa numa rede social.

Leia mais:

O objetivo principal da Augie é atender profissionais de marketing e as equipes de mídia social, permitindo que eles adicionem rapidamente narração, fotos, texto e música aos vídeos sem precisar aprender edição de áudio e vídeo.

IA que clona vozes

Montagem com telas da plataforma Augie, que tem IA capaz de clonar voz
(Imagem: Divulgação/Aug X)

Jeremy Toeman, fundador da Aug X, afirmou que a empresa decidiu adicionar a clonagem de voz após perceber que muitas pessoas não gostam de falar em microfone ou gravar narrações.

Os usuários podem escrever ou fazer upload de um roteiro na Augie e usar uma voz pré-gravada ou escolher uma da biblioteca da plataforma para ler o roteiro com diferentes tons – por exemplo: sério, entusiasmado, assustador etc.

Além de fotos licenciadas da Getty Images, os usuários podem utilizar imagens geradas por inteligência artificial nos vídeos.

A expectativa é que equipes de marketing possam produzir vídeos rapidamente sem a necessidade de reservar o tempo de um profissional e horários num estúdio de gravação.

Atualmente, todos os usuários do Augie têm acesso à clonagem de voz. Mas no futuro pode ser que haja limitações para usuários não pagantes em relação ao comprimento e qualidade dos vídeos, bem como à quantidade de vozes clonadas.

Devido a preocupações com direitos autorais e uso ilegal de imagens e vozes de terceiros, a Aug X informou que está sendo cuidadosa em relação ao uso de vozes pré-gravadas para clonagem.

A empresa está trabalhando em parceria com a ElevenLabs, sua parceira de clonagem de voz, para identificar vozes e vídeos gerados por inteligência artificial.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Não se dá bem com microfone? Essa IA consegue ‘clonar’ sua voz apareceu primeiro em Olhar Digital.

Preencha o formulário abaixo e receba um contato de um especialista